sexta-feira, 29 de abril de 2011

Dave Grohl: Foi estranho tocar "Smells Like Teen Spirit"

De acordo com a The Pulse Of Radio, o frontman do Foo Fighters, Dave Grohl, revelou em uma nova entrevista para a Entertainment Weekly que ele e os antigos membros do Nirvana Krist Novoselic e Pat Smear tocaram o clássico do Nirvana "Smells Like Teen Spirit" juntos pela primeira vez em aproximadamente duas décadas quando o Foo Fighters estava gravando seu novo álbum, "Wasting Light". Grohl explicou, "No dia que acabamos o disco, tínhamos esse show para fazer. Foi num barzinho, um show surpresa. Eu convidei o Krist pra ir e tocar uma música. Ele queria tocar a 'Marigold', do lado B do 'Heart-Shaped Box' e era a única música do Nirvana que eu cantava."

Grohl continuou "Então fomos pro estúdio aquele dia para ensaiar. Passamos a música uma vez e o Krist disse, 'Ei, vocês querem tocar uma das antigas?' Eu e o Pat olhamos um para o outro e dissemos 'Ok, o que você quer fazer?' Ele disse 'Vamos tocar a'Smells Like Teen Spirit'.' Eu não tocava essa música havia 18 anos... Acabamos a música e nos olhamos tipo, 'Isso foi esquisito.' Saímos e o gerente do estúdio olhou para a gente e disse 'Ficou bem legal. Vocês deviam guardar isso'"

Smear tem sido membro do Foo Fighters vez ou outra desde a formação da banda em 1995 e está atualmente de volta ao grupo.

Grohl, Novoselic e Smear tocaram juntos pela última vez em 1994 na última turnê do Nirvana. O frontman Kurt Cobain se suicidou em abril daquele ano.

Butch Vig, que produziu o marcante álbum do Nirvana e 1991, "Nevermind", produziu o novo disco do Foo Fighters.

Grohl disse à Entertainment Weekly que trazer Vig para o projeto foi um grande passo para ele pessoalmene, explicando, "Eu devo tudo ao Nirvana. Mas não posso deixar isso ofuscar o futuro. Nos primeiros anos, eu não queria nem sequer falar sobre o NIRVANA; em parte porque era doloroso falar sobre a perda de Kurt mas também porque eu queria que o Foo Fighters significasse algo."

Lady Gaga: Foto ao lado de Bruce Dickinson

Após as revelações sobre os bastidores da visita de Lady Gaga ao backstage do show do Iron Maiden na Flórida, seu trabalho de Roadie e toda a repercussão de sua foto ao lado do baterista da banda, Nicko McBrain, mais uma foto da cantora pop ao lado de um integrante da Donzela de Ferro foi postada na internet, dessa vez no site oficial da banda. No novo registro, Bruce Dickinson parece não ter dado muita bola para Lady Gaga.

Imagem

Mike Portnoy: "É como se divorciar em cadeia nacional"

O site Metal Injection conduziu uma rápida entrevista com o ex-baterista do Dream Theater/Avenged Sevenfold, Mike Portnoy, no “tapete preto” da terceira edição anual do Revolver Golden Gods Awards, que aconteceu na quarta-feira passada, 20 de abril, no Club Nokia em Los Angeles, Califórnia.

Quando questionado se foi estranho ter sua saída do Dream Theater exposta tão publicamente por causa da existência da internet, Portnoy respondeu: “Na verdade, isso é horrível. É como se divorciar em cadeia nacional. É foda porque qualquer coisa que eu dissesse seria mal interpretada ou entendida da forma errada. Nunca foi nem mesmo minha intenção tornar isso público; eu queria que essa situação fosse calma, pouco pessoal. Mas as coisas são como são, e eu estou aqui e estou feliz.”

Pornoy, que é co-fundou o Dream Theater há mais de 20 anos, abruptamente deixou a banda no ano passado enquanto estava em turnê com o Avenged Sevenfold.

Ele tocou no álbum mais recente do Avenged Sevenfold, “Nightmare”, após a morte do baterista da banda, Jimmy “The Ver” Sullivan, e saiu em turnê com eles durante toda a segunda metade de 2010.

O vocalista do Avenged Sevenfold, M. Shadows, disse ao The Pulse of Radio que a banda não estava feliz com a forma na qual Portnoy se separou do Dream Theater foi exposta ao público, o que pode ter arruinado a relação de Portnoy com o Avenged. “Na verdade, nós ficamos um pouco mais chocados,” disse M. Shadows. “Sentimos que ambas as partes poderiam ter lidado com isso um pouco mais internamente, sem fazer disso uma festa para a imprensa sobre o que aconteceu entre eles. Porque somos uma banda que, quando chega notícias em todos os sites ou outros meios sobre bandas, nós não somos muito presentes em redes sociais, não tentamos nos expor muito, e todo o drama e a controvérsia era algo que definitivamente não queríamos.”

Pornoy recentemente começou a gravar as trilhas de bateria para o álbum de estréia de sua nova banda, que conta com o vocalista do Symphony X, Russell Allen, e o virtuoso guitarrista Mike Orlando (Sonic Stomp). Portnoy também está envolvido em um novo projeto em separado com o guitarrista Steve Morse (Deep Purple, Dixie Dregs), o multi-instrumentista Neal Morse (Transatlantic, Spock’s Beard), o baixista Dave LaRue (Dixie Dregs) e o vocalista Casey McPherson (Alpha Rev, Endochine). O álbum de estreia desse grupo provavelmente será lançado ainda este ano.

Iron Maiden: Steve Harris fala da influência do Jethro Tull

A revista inglesa Classic Rock publicou em sua última edição um especial com 100 compositores falando a respeito de seus compositores favoritos.

Steve Harris deu um depoimento sobre Ian Anderson, do Jethro Tull, e em como a obra do Tull influenciou o Maiden.

Leia abaixo e surpreenda-se:

“Na minha opinião, Ian Anderson é um dos mais talentosos compositores que eu já ouvi. Ele é um músico fantástico, e suas letras tem um humor provocador. O que eu posso dizer? Eu não sou digno!

Devo dizer que “Locomotive Breath”, de Aqualung (1971), é a melhor mísica do JethroTull. O Maiden regravou outra faixa desse álbum, “Cross-Eyed Mary” - lado B do single de “The Trooper”, lançado em 1983. “Locomotive Breath” é demais, uma grande e poderosa canção. Eu posso imaginar Bruce encarando-a!

Acho que qualquer pessoa pode perceber o quanto Ian e o Jethro Tull influenciaram o Iron Maiden. Quando as pessoas, de repente, descobrem o Jethro Tull, até certo ponto elas descobrem também o Iron Maiden.

“Blood Brothers”, de “Brave New World” (2000), é provavelmente a música do Maiden mais influenciada pelo Tull. Não é que eu tenha sentado com meu baixo e pensado 'bem, agora vou pegar essa nota e esse lick'. É apenas uma enorme influência para mim, e eu fico orgulhoso em admitir isso.

E mais: tente tocar e se apoiar em apenas uma perna, como Ian Anderson faz. Com o meu baixo pesado, eu não iria durar muito tempo nessa posição!”

Então, se você é fã do Iron Maiden e não tem nada do Jethro Tull na sua coleção, vá agora mesmo atrás do grupo de Ian Anderson. Prometo que eu não conto pra ninguém essa sua falha...

Tyler: No 'American Idol' para dar uma lição ao Aerosmith

Depois que Steven Tyler caiu do palco durante um show do Aerosmith e se machucou, suas datas restantes da turnê foram prejudicadas. Os cancelamentos causaram uma tensão entre os roqueiros de Boston, e os ânimos se exaltaram: os membros do Aerosmith tentaram tirar Steven Tyler da banda, mas o vocalista deu o troco.

Enquanto a contenda era divulgada online e através das redes sociais, rumores diziam que Tyler se tornaria o novo jurado do 'American Idol.' Acabou que os rumores eram verdadeiros e a oferta não podia ter vindo em melhor hora para Tyler.

"Eu aceitei esse trabalho para dar uma lição à banda? Claro que sim", Tyler admite na nova edição da Rolling Stone. "Não para mostrar a eles, mas que eu não posso mais ser feito de refém. Eu serei refém de mim. A banda não pode me jogar fora."

Desde que Tyler aceito o posto no 'Idol', o Aerosmith superou seus problemas e está progredindo com um novo disco.

Cavalera Conspiracy: Prejudicados pelo casamento real

O show do Cavalera Conspiracy essa noite no House Of Blues em Hollywood, Califórnia terá Greg Hall (Sacred Reich) assumindo as baquetas. Tudo porque Iggor não conseguiu sair de Londres a tempo. O motivo apontado pela banda foi o excesso de atrasos que estão acontecendo devido ao casamento do Príncipe William, que acontece amanhã.

Caso Iggor não consiga chegar a tempo para a apresentação de amanhã, em Anaheim, Greg prosseguirá. “Estou tranqüilo. Tive um dia para ensaiar e me preparar”, declarou o baterista.

Dream Theater: Mike Mangini é o novo baterista

Imagem
Após muita especulação e dezenas de audições, o DREAM THEATER confirmou Mike Mangini como seu novo baterista.

Mangini tem 48 anos e já passou por bandas como ANNIHILATOR, Extreme, JAMES LABRIE e Steve Vai. Ele já escreveu dois livros sobre técnicas de bateria, intitulados "Rhythm Knowledge".

Em 1991 ele se juntou ao ANNIHILATOR e participou das gravações e da turnê do álbum "Set The World On Fire". Deixou a banda em 1994 para se juntar ao Extreme, com quem gravou "Wainting For The Punchline". Com o fim do Extreme em 1996, Mangini juntou-se a Steve Vai com quem gravou "Fire Garden" e "Ultrazone".

O músico também leciona na Berklee College of Music, onde cuida do departamento de percurssão.

Os seguintes bateristas foram testados pelo Dream Theater, numa série que foi filmada e será disponibilizada em DVD:

* Aquiles Priester (39 anos) (ANGRA, PAUL DI'ANNO)
* Peter Wildoer (36 anos) (DARKANE)
* Marco Minnemann (40 anos) (KREATOR, NECROPHAGIST, EPHEL DUATH, JOE SATRIANI)
* Virgil Donati (52 anos) (PLANET X, SEVEN THE HARDWAY)
* Derek Roddy (38 anos) (HATE ETERNAL, NILE, TODAY IS THE DAY)
* Mike Mangini (48 anos) (STEVE VAI, EXTREME, ANNIHILATOR)
* Thomas Lang (43 anos) (JOHN WETTON, ROBERT FRIPP, GLENN HUGHES)

*óó não vou te contar todas as novidades agora, quando eu ver vc on por aqui te conto o resto... se eu contar tudo agora fico sem novidades depois rs

Mike Mangini recentemente foi anunciado como substituto de Mike Portonoy, para a vaga de baterista do Dream Theater.

Mangini já tocou em bandas como Annihilator, Extreme, e acompanhou artistas como James LaBrie e Steve Vai. Ele é professor da escola de música Berklee e é detentor de recordes mundiais de baterista mais rápido. Mangini já conseguiu a marca de 1.247 toques por minuto.

sábado, 23 de abril de 2011

Judas Priest: K.K. Downing dá sua versão dos fatos

O guitarrista K. K. Downing emitiu um pronunciamento official falando sobre sua saída do Judas Priest.

Queridos amigos

Lamento informar que não estarei com vocês neste verão. Obrigado a todos pela preocupação com minha saúde. Podem ficar tranqüilos, estou bem. Houve um problema de comunicação na relação minha com os outros membros da banda e os empresários.

Sendo assim, optei por sair ao invés de excursionar cheio de sentimentos negativos, o que causaria uma decepção em vocês, nossos amados fãs. De qualquer forma, peço que apóiem o Priest. Não tenho dúvida que será um show imperdível.

Todo amor e respeito.

Iron Maiden: Lady Gaga ataca de roadie da banda

De acordo com o The Mirror, Lady Gaga não apenas confraternizou com o Iron Maiden na passagem da banda pela Flórida - com direito a pose ao lado do baterista Nicko McBrain - como também atuou de roadie da banda. A cantora ajudou em tarefas como passar roupas e servir bebidas.

“É um lado dela que nunca vimos. Gaga é muito fã do Iron Maiden e queria ajudá-los de qualquer modo, só para ficar por perto. No fim, acabou recompensada com algumas bebidas no backstage”, declarou uma fonte à publicação inglesa.

Rock in Rio: Glória fecha programação da noite metal

A banda Paulistana GLÓRIA é a última atração confirmada para a noite do Heavy Metal no Rock in Rio. A organização do evento anunciou o nome do grupo e, assim, a programação do Palco Mundo para o dia 25 de setembro está fechada.

A banda GLÓRIA irá abrir a sequência de shows no Palco Mundo, que além deles, vão tocar Metallica, Motorhead, Slipknot e COHEED AND CAMBRIA.

Judas Priest: Músicos falam sobre saída de K.K. Downing

O baterista Scott Travis deu uma curta declaração ao Artisan News Service sobre a saída de K.K. Downing do Judas Priest. “Para tocar Heavy Metal é preciso ter aquele desejo ardente no coração. Todos nós começamos jovens e não é por causa do dinheiro, fãs ou garotas, mas porque amamos a música. Então, se ele não sente mais isso, entendo que se retire”.

Em seguida, foi a vez do vocalista Rob Halford se manifestar em entrevista à Rock Hard.

“Foi uma decisão dele sair. Nos divertimos muito na tour de 'Nostradamus'. Mas ele é dono de sua vida, não podemos forçá-lo a nada. Soubemos da decisão antes do Natal. Pessoalmente, achei que seria o fim definitivo. Emocionalmente, tem sido muito difícil para mim. Glenn Tipton (guitarrista) foi o primeiro a mandar um e-mail para ele dizendo: ‘Ken, espero que esteja bem. Se precisar de algo, me avise’. Deixamos a porta aberta caso ele mudasse de idéia, mas o tempo foi passando”.

Sobre a entrada de um novo guitarrista, Rob declarou: “K.K. nunca poderá ser substituído, ele é único, não queríamos uma mera cópia. Richie Faulkner foi fazer uma jam na casa de Glenn, que me contou que ele era brilhante”.

Anthrax: Homenagem ao Judas Priest em próximo álbum

Em chat organizado pela Rolling Stone, o baterista Charlie Benante declarou que uma das faixas de "Worship Music", novo disco do Anthrax, foi composta em homenagem ao Judas Priest.

“Por enquanto ela se chama ‘Judas Priest’ mesmo. Pode mudar, mas gostamos assim. Como eles anunciaram a despedida, será nossa homenagem. Queremos fazer isso por eles”.

Motorhead: Documentário de Lemmy será exibido no Brasil

O documentário Lemmy, sobre a vida do cultuado vocalista e líder da banda Motorhead, estará em exibição em São Paulo, de 28 de abril a 08 de maio. E no Rio de Janeiro, de 06 a 12 de maio, durante o Festival Internacional do Documentário Musical.

O longa também será exibido no dia 30 de abril, às 23 horas no Cinesesc e no dia 07 de maio, às 19 horas, no Cine Olido, com a presença do diretor Wer Orshoski.

In-Edit Brasil 2011
3º Festival Internacional do Documentário Musical
De 28 de abril a 08 de maio em São Paulo
De 06 a 12 de maio no Rio de Janeiro

Metallica: prejudicando as finanças da Igreja Universal

Imagem

terça-feira, 19 de abril de 2011

Iron Maiden: Definitivamente novo álbum não sairá em 2012

O guitarrista do Iron Maiden, Dave Murray, disse ao RockNewsDesk.com que a banda emprega um processo democrático quando se trata de fazer novos álbuns. Murray disse que a banda só gravará um novo disco se todos os seis membros da banda quiserem fazê-lo. "É possível que haja outro álbum, mas é difícil dizer nesse momento", disse ele. "Definitivamente não será no próximo ano, de qualquer forma."

Murray está otimista, apesar disso, dizendo "Minha sensação é de que, uma vez que nos sentarmos, se todos quiserem - e isso é o principal – então o faremos."

Ozzy Osbourne: Madman dá conselhos sobre masturbação

Em sua coluna no Sunday Times, Ozzy Osbourne aconselhou um leitor chamado Hugh, de New Mexico City. O rapaz perguntou ao madman se deveria ir a uma casa de massagens pedir a uma profissional que apalpasse suas partes íntimas. Detalhe: sem a namorada saber, é claro. Eis a resposta de Ozzy.

“Um ‘trabalho manual’ é algo muito pessoal. Após uma vida de práticas, muitos camaradas definem uma técnica específica como sua favorita. Então, ao menos que você participe como um co-piloto, dando instruções a cada dois segundos, vai ficar parecendo mais que ela está escalpelando um coelho morto do que lhe deixando louco com um prazer proibido. Na verdade, me parece que você já colocou essa idéia na cabeça até um ponto em que será um caro desapontamento. Ao mesmo tempo, não transparece nenhum sentimento de culpa. Não vejo como algo errado contratar um par extra de mãos para lhe ajudar no departamento de espancamento de macaquinhos. Mas devo dizer que se for um pouco como eu, sua consciência não concordará”.

Angra e Parangolé: possível plágio discutido no Twitter

Surgiu há algumas horas no Twitter um rumor de que o grupo Parangolé teria plagiado uma música do Angra, mais especificamente um dos riffs mais conhecidos da banda de Metal, da música "Nova Era".

Os músicos Kiko Loureiro e Felipe Andreoli trocaram via Twitter algumas palavras com o vocalista do Parangolé, Léo Santana, que respondeu de forma agressiva. Alguns trechos dessa discussão o caro leitor pode ler a seguir.

Imagem
Imagem
Imagem

Após isso, a hashtag #Parangolixo foi criada por fãs do Angra.

domingo, 17 de abril de 2011

Judas Priest e Whistesnake: Mais informações sobre os shows

Conforme já publicamos, Judas Priest e Whitesnake farão uma turnê conjunta no Brasil nas seguintes datas e locais:

10 de Setembro 2011
Sao Paulo, BR
Estádio da Portuguesa

11 de Setembro 2011
Rio De Janeiro, BR
Citibank Hall

13 de Setembro 2011
Belo Horizonte, BR
Chevrolet Hall

15 de Setembro 2011
Brazilia, BR
Nilson Nelson

Os ingressos para o show começam a ser vendidos para clientes Credicard, Citibank e Dinners dia 04 de maio. Vendas para o público em geral a partir de 11 de maio (quarta-feira).

As vendas serão feitas através do site: http://www.ticketsforfun.com.br/ a partir da meia-noite do dia 04, ou através do telefone 4003-5588 a partir das 9 da manhã, ou em postos autorizados da Tickets For Fun.

Heavy Metal: A História Completa (Ian Christe)

Imagem
Com linguagem clara e acessível, a leitura se torna fácil e prazerosa, ainda mais para quem, como eu, é apaixonado por esse estilo de música tão fascinante.

Para discorrer sobre toda a história do Heavy Metal, Ian Christe acertou em cheio ao eleger algumas bandas condutoras para guiar seu caminho, evitando que ele se perdesse em meio há tantos acontecimentos e a grande quantidade de bandas que surgiram em profusão nesses mais de quarenta anos retratados na biografia. As bandas escolhidas para tal foram Black Sabbath e Metallica, contando ainda com grandes doses de Anthrax, Slayer, Megadeth, Iron Maiden, Mercyful Fate e Venom. Mas sem deixar de lado incontáveis outros grupos de grande importância para a cena. Entretanto, estes citados são os que mais aparecem e servem como termômetro para os acontecimentos ao longo da história.

O livro apresenta o Metal desde seu surgimento na Inglaterra de 1970, detalhando o começo do Black Sabbath, passando pela NWOBHM, os primórdios do Thrash, Death, Black, Doom e Power Metal até chegar na cena dos anos 2000 e a aparição do New Metal. Além de algumas boas pitadas sobre o Punk Rock, Hardcore, Grindcore, Crossover e Rap. Sem esquecer-se do Hard Rock oitentista e todo o seu laquê e apelo comercial.

Além de descrever o surgimento de bandas e estilos, o autor traça um paralelo com a sociedade da época de seus surgimentos e ambienta o leitor naquele período. Assim temos a Inglaterra pesada e sombria da década de 1970, onde os jovens não tinham perspectiva alguma. Assim como a liberdade vinda com os anos 80, onde a troca de fitas copiadas espalhavam a fama das jovens bandas que começavam a gravar suas primeiras demos e discos. Tal qual a era da MTV e a volta do Metal ao underground, onde de fato, nunca havia saído.

“Heavy Metal – A História Completa” ainda traz uma grande quantidade de fotos das bandas, tanto promocionais, como em ação em cima do palco. Essa galeria deve fazer a alegria dos fãs dos grupos fotografados e de fato, é muito legal.

Apesar de ser bastante abrangente o autor deixa categoricamente de lado aquilo que no Brasil chamamos de Metal Melódico. Bandas seminais do estilo como Angra, Kamelot e Stratovarius não deram as caras na obra. Enquanto outras com uma enorme base de fãs como Helloween, Blind Guardian, Iced Earth e Hammerfall foram apenas citadas. É como se este estilo nem existisse. Fato que talvez tenha acontecido por conta de Ian Christe ser estadunidense e lá na terra do Tio Sam esse estilo nunca tenha sido muito forte. O metal progressivo também ficou abandonado com uma ou outra eventual citação ao FATES WARNING e mais tarde ao Dream Theater.

Apesar desses eventuais esquecimentos, o livro é muito interessante e consegue muito bem alcançar seu objetivo de contar a história desse estilo musical tão apaixonante e importante musicalmente, politicamente e socialmente. Obrigatório para todos os fãs do gênero que desejam saber mais sobre a saga do rock pesado ou relembrar a história.

Heavy Metal – A História Completa (Ian Christe, Ed. ARX, 2004)

Iron Maiden: e se a Donzela fosse trilha de Bollywood?

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Judas Priest e Whitesnake: sites oficiais divulgam datas

Os sites do Judas Priest e do Whitesnake divulgaram hoje as datas da turnê Brasileira, ambos não dizem que a turnê será conjunta, mas as datas e locais coincidem.

10th September Portuguesa Stadium, Sao Paulo, Brazil
11th September Citibank Hall, Rio De Janeiro, Brazil
13th September Chevrolet Hall, Belo Horizonte, Brazil
15th September Nilson Nelson, Brasilia, Brazil

Iron Maiden: Clássico da banda vira revista em quadrinhos

O editor do jornalzine NFL ZINE e da revista em quadrinhos NFL COMICS, Hamilton Tadeu (Ha1000ton), lançou recentemente uma edição especial com a adaptação do álbum “Seventh Son of a Seventh Son” do Iron Maiden. A revista traz, em suas 52 páginas, a adaptação de todo o disco, esboços de capas, rascunhos de páginas e estudos de personagens, além de todas as letras das oito músicas do álbum com as respectivas traduções.

Ha1000ton, além de adaptar o álbum em forma de roteiro, também coloriu, letreirou e diagramou a revista. Os desenhos e grande parte da arte final ficaram por conta de Fred Macêdo e a arte final complementar aos cuidados de Omar Viñole do estúdio Banda Desenhada. Rafael Victor é o outro artista que ajudou na colorização de algumas páginas da revista.

A revista é toda colorida em papel offset 75 gramas, capa em couché e custa a bagatela de R$5,00. Os interessados em adquirir um ou mais exemplares devem escrever para nflcomics@hotmail.com ou acessar fotolog.com/nflcomics e ver se na sua cidade há um lugar onde a revista está sendo vendida. Há descontos para a compra a partir de 5 unidades.

Veja no Blog Flight 666 algumas páginas da história!

Versão completa desta matéria: Blog Flight 666

Rio de Janeiro: letras de rock citam a cidade maravilhosa

Toda vez que você ouve um gringo cantando "Rio de Janeiro", muitas vezes passa despercebido ou então você tem que voltar a faixa para ter certeza de que, realmente, ele falou Rio de Janeiro.

Três bons exemplos dessa típica situação, você pode conferir nas faixas de grandes artistas abaixo:

Uriah Heep - Won't Have to Wait to Long
"So now I'm heading away
Down to Rio de Janeiro
I'll be leaving all my
Lonely times behind
And if I'm looking for love in
Rio de Janeiro
There'll be someone there
I know who'll find the time"

Tradução: "Então agora eu vou embora para o Rio de Janeiro. Estarei deixando todos os meus momentos de solidão para trás. E se eu estou procurando por amor no Rio de Janeiro, haverá alguém lá, eu sei que vou encontrar a tempo"

Alice Cooper - It's Me
"You took a first-class trip to Paris
You danced in the streets of Spain
You followed the sun to Rio de Janeiro
Cuz you got so sick and tired of the
London rain"

Tradução: "Você fez uma viagem de primeira classe para Paris! Você dançou nas ruas da Espanha! Você buscou o sol no Rio de Janeiro! Tudo isso, porque você ficou doente e cansado da chuva em Londres"

Rainbow - Can't Happen Here
Supersonic planes for a holiday boom
Rio de Janeiro in an afternoon
People out of work but there's people on the moon
Looking for the future
Concrete racetracks nationwide

Tradução:"Aviões supersônicos para um 'boom' de férias, Rio de Janeiro em uma tarde. Pessoas de folga, mas há pessoas na lua procurando o futuro. Pistas concretas em nível nacional"

quinta-feira, 14 de abril de 2011

player.

Discover the playlist Rock with Karaoke Party Orchestra

Soundgarden: "Não faremos um disco Grunge ou Metal"

Aparentemente, a idéia de aproveitar material do passado no disco novo foi descartada pelo Soundgarden. “Queremos que esse material nos excite, soe diferente. A última coisa que faremos é um álbum Grunge ou de Metal”, declarou o guitarrista Kim Thayil à Kerrang.

O músico ainda declarou que o trabalho deve ser lançado assim que possível, mas no momento as prioridades são a tour solo de Chris Cornell e os compromissos de Matt Cameron com o Pearl Jam.

Pearl Jam, Aerosmith e Clapton: no Brasil em setembro?

Em entrevista ao portal argentino El Cronista, o diretor da produtora de shows Time For Fun (T4F) na Argentina confirmou que a banda americana Pearl Jam fará shows no Chile, na Argentina e no Brasil em setembro. Fernando Moya, que dirige a filial argentina da empresa responsável pela recente turnê do U2 na América Latina, a T4F, divulgou ainda que, ALÉM DE PEARL JAM, O CANTOR E GUITARRISTA INGLÊS Eric Clapton e a banda americana Aerosmith farão shows no Brasil no mesmo mês.

Dave Grohl: ''Devo tudo a Kurt Cobain e a Krist Novoselic''

Dave Grohl, vocalista do Foo Fighters, disse em entrevista à revista NME que deve tudo a Kurt Cobain e a Krist Novoselic, ex membros do Nirvana.

Krist fez uma participação no novo CD do Foo Fighters "Wasting Light" na música “I Should Have Known” junto com o produtor Butch Vig, que produziu o álbum de maior sucesso do Nirvana, o "Nevermind".

"Foi necessário trazer tudo isso à tona para conseguir fazer esse disco. Não estaria fazendo o que estou fazendo se não fosse pelo Nirvana", disse Dave Grohl.

A origem da música “Gita”, de Raul Seixas

Gita, de Raul Seixas, é baseada no Bhagavad-Gitã, parte do Mahabarata, que seria a "bíblia" da religião hindu de Krishna. No texto um guerreiro, Arjuna, interroga Krishna sobre o seu significado (de Krishna). Krishna responde com frases como: "Entre as estrelas sou a lua... entre os animais selvagens sou o leão... dos peixes eu sou o tubarão.... de todas as criações eu sou o início e também o fim e também o meio... das letras eu sou a letra A... eu sou a morte que tudo devora e o gerador de todas as coisas ainda por existir... sou o jogo de azar dos enganadores..." em que obviamente se basearam os versos de Gita.

Beatles: manuscrito de "Lucy in the Sky" vai a leilão

Um manuscrito original feito por John Lennon de ‘Lucy in the Sky with Diamonds’, um dos principais clássicos dos Beatles, será leiloado em Beverly Hills no próximo mês.

Espera-se conseguir um valor a partir de US $200.000 – o manuscrito, além da letra da música também é constituído por um esboço representando quatro pessoas em uma sala com janelas e cortinas também desenhado por Lennon.

‘Lucy in the Sky with Diamonds’ está presente no album 'Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, lançado em 1967.

O manuscrito será leiloado pela Profiles in History de Hollywood, em Beverly Hills, nos dias 14 e 15 de maio.

Paul McCartney: confirmada segunda data no Rio de Janeiro

De acordo com o site oficial de PAUL MCCARTNEY, o músico irá se apresentar por duas noites consecutivas no Rio de Janeiro. Em razão dos ingressos, que esgotaram rapidamente, o ex-BEATLE retorna ao Estádio João Havellange no dia 23, segunda-feira.

Os ingressos para a segunda apresentação no Brasil serão vendidos a partir do próximo domingo (18). A Up and Coming Tour no mês de maio conta com outras datas no Peru (9), no Chile (11) e Rio de Janeiro (22).

Os ingressos para o show de Paul McCartney, marcado para o dia 22 de maio, no Rio de Janeiro, estão esgotados. A venda para o público em geral começou nesta quinta-feira (14) - 7h nas bilheterias do estádio Engenhão e 9h pela internet. Por volta das 10h30 todas as entradas já haviam sido vendidas.

O ex-Beatle traz de volta ao Brasil a 'Up And Coming Tour', que no ano passado passou por Porto Alegre e São Paulo.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Iron Maiden (HSBC Arena, Rio de Janeiro, 28/03/2011)

Em sua 8ª passagem pelo país os britânicos estão divulgando o ótimo álbum, The Final Frontier. Título que colocou pulga no ouvido dos mais afoitos por abrir margem à idéia de ser o último álbum da carreira do, hoje, sexteto. Com seis datas – São Paulo (26/03); Rio de Janeiro (27/03); Brasília (30/03); Belém (01/04); Recife (03/04) e Curitiba (05/04) – anunciadas no Brasil, o Iron Maiden vem “maidenizando” e provando que fazer heavy metal de qualidade é para poucos – para cabra macho diria os mais exagerados e machistas.

No último Domingo era vez dos fãs cariocas conferirem à nova turnê, e logo na entrada do HSBC Arena um número surpreendente de fãs já se acotovelavam, afinal, cada metro conquistado significava ficar mais próximo dos ‘heróis’ – Steve Harris (baixo); Bruce Dickinson (vocal); Dave Murray, Adrian Smith e Janick Gers (guitarra) e Nicko McBrain (bateria). Por conta da euforia dos fãs e uma má organização do evento, que atrasou a abertura dos portões em pelo menos uma hora, começaram-se alguns probleminhas, que até poderiam ser facilmente resolvidos, mas não sendo poderiam transformar em uma bola de neve daquelas. Batata! Essa dobradinha resultou em algumas divisórias/barreiras de metal derrubadas; empurra empurra e uma desordem na fila. Quem chegou cedo para garantir um bom lugar viu seu sacrifício não valer nada.

Ainda com mais da metade do público fora do HSBC Arena a banda de abertura, a brasileira, Shadowside, fez sua apresentação. Lamentável boa parte do público não ter tido oportunidade de conferir o trabalho da banda santista, com certeza, estarão, muito em breve, dentre os grandes do heavy metal nacional. Passado mais de uma hora do planejado, a banda britânica deu os primeiros acordes de “...The Final Frontier”, entretanto, o que deveria ter sido uma dos melhores momentos da noite logo se tornou na maior dor de cabeça. A barreira de divisão entre pista e o palco rompe, sendo assim, o público invade o espaço reservado para jornalistas e fotógrafos, e por muito pouco não há invasão no palco. Imediatamente o cantor Bruce Dickinson para de cantar; pede calma ao público e insiste que todos deveriam dar um passo para trás, a fim de manter a integridade dos fãs, bem como, ajudar, de alguma forma, no reparo do problema. Fazendo o papel de um verdadeiro líder o vocalista pede, mais uma vez, paciência ao público, e promete um retorno ao palco em dez minutos.

Infelizmente, a produção do evento não conseguiu sanar os problemas, e o vocalista voltou, sim, ao palco, mas para uma notícia nada amistosa. “Nós não queremos que ninguém se machuque, a prioridade é a segurança de vocês”, diz o cantor. E acrescenta que o show será remarcado para o dia seguinte, e quem não pudesse voltar teria o dinheiro de volta. Com grande insatisfação os fãs deixam o HSBC Arena num dia que tinha tudo para ser inesquecível. Pelo menos inesquecível no bom sentido!

Nada melhor que começar a semana com um show do Iron Maiden. Essa, talvez, fosse a melhor maneira de encarar a empreitada de ir à Barra da Tijuca para conferir o show. Com uma melhor organização, o público conseguia ter acesso à casa sem filas quilométricas; empurra empurra, e melhor, com uma produção até gentil, esclarecendo qualquer dúvida de maneira educada.

Com uma ótima produção e visual de palco, a lenda do heavy metal, Iron Maiden, começa sua apresentação – ou purificação, diriam os fãs mais ardorosos – com as sacadas hard de “...The Final Frontier”. Sem dúvida uma das melhores do novo álbum! “El Dorado” é a que dá continuidade ao show, a canção teve boa resposta, mas está longe de representar a força da banda. “Two Minutes to Midnight”, sim, consegue fazer HSBC Arena vir abaixo, afinal, é um dos clássicos do álbum Powerslave.
Em rápida conversa com o público o vocalista, Bruce Dickinson, faz as honras da casa e comenta do incidente do dia anterior, e mais, enaltece a todos que voltaram para prestigiar a banda. Em seguida, anuncia à irrepreensível “The Talisman”. “Coming Home” é mais uma do novo disco, e como o próprio cantor disse: “Essa canção é sobre nós. Tem a ver com o processo de estarmos sempre em turnês pelo mundo, e cedo ou tarde, termos de voltar para nossas casas.” Com grande interpretação fora um dos pontos altos do show.

Não faltaram novos e velhos clássicos da Donzela de Ferro (Iron Maiden) no show. É difícil imaginar uma apresentação da banda sem a acelerada “The Trooper”; a progressiva “The Evil That Men Do”, com direito a aparição do mascote Eddie no meio da canção; ou mesmo a sinistra “Fear of the Dark”. Dos novos clássicos os britânicos brindaram o público com a complexa “Dance of Death”; energética “The Wicker Man”; emocionante “Blood Brothers”, dedicada aos “irmãos” do Japão que estão passando por um triste período de provação e When the Wild Wind Blows, com sua inteligente crítica às mudanças e catástrofes climáticas. A primeira parte do show é encerrada com a canção “Iron Maiden”, onde, mais uma vez, o mascote Eddie da o ar da graça, mas dessa vez numa versão um tanto maior com seus incríveis oito metros.

Para o encore (bis) a celebre “The Number the Beast” rememora o porquê do álbum The Number of the Beast, de 1982, ter passado ao teste do tempo. Qualidade acima de qualquer suspeita. “Hallowed Be Thy Name” é mais uma do disco de 1982, e mais uma vez digo que ao lado de Alexander the Great é a melhor composição da Donzela. O grand finale é com a meio punk, meio rock e meio metal “Running Free”. Uma hora e cinqüenta e cinco de show o Iron Maiden prova o porquê de ser maior banda de heavy metal. Os fãs já estão na contagem do próximo disco de estúdio e nova turnê. Ah! Da próxima vez sem atrasos e cancelamento de show, ok produção?

At Donington UK: Live 1983 & 1987 - Dio

Imagem
Todos esperavam por um disco ao vivo do início de sua carreira solo. At Donington UK preenche esse vazio na discografia, e o faz com grandes méritos. Registro de duas apresentações de Dio no festival Monsters Of Rock, na cidade de Donington, nos anos de 1983 e 1987, durante as turnês dos álbuns Holy Diver e Dream Evil, respectivamente, os CDs trazem setlists impecáveis cobrindo a carreira de Dio como um todo, passando pelas bandas que integrou e por sua carreira solo.

O primeiro CD abre com "Stand Up And Shout" e "Straight Throug The Heart" de seu então recém lançado álbum Holy Diver, continua com uma das melhores de ambos os discos, "Children Of The Sea", com uma interpretação sensacional de Dio onde mostra do que era capaz. "Rainbow In The Dark" e "Holy Diver" dão seguimento ao show e já mostravam que se tornariam clássicos absolutos do Rock/Metal. Tem então um solo de bateria de Vinnie Appice, em seguida "Stargazer", do Rainbow, e depois um solo de guitarra de Vivian Campbell. Chegamos então a "Heaven And Hell" música gravada por Dio em sua passagem pelo Black Sabbath, sua interpretação nessa música é de uma qualidade suprema. Fechando o disco temos um medley de "Man On The Silver Mountain" e "Startruck".

O segundo CD abre com a música título do álbum que estava sendo promovido "Dream Evil", segue por "Neon Knights" (BLACK SABBATH), "Naked In The Rain" e "Rock And Roll Children" (DIO). A próxima é "Long Live Rock 'n' Roll" do Rainbow, "The Last In Line" mantém o nível do show no mais alto nível. "Children Of The Sea" e "Holy Diver" são os clássicos seguintes a serem apresentados. A obrigatória "Heaven And Hell" dá as caras novamente seguida de "Man On The Silver Mountain". Temos então o que, em minha opinião, é o destaque desse show de 1987, "All The Fools Sailed Away", música presente no disco Dream Evil e que é, para mim, umas das melhores de toda a carreira do Dio. Temos então a volta de "The Last In Line" e fechando o concerto, e também o CD, "Rainbow In The Dark".

A qualidade de áudio está muito boa, ligeiramente melhor no primeiro disco, as bandas são muito boas e executam as músicas com perfeição. Dio é um capítulo a parte, cativa a todos com sua performance e carisma além de ter uma das melhores vozes do Rock/Metal.

A parte gráfica do pacote merece também destaque, lançado aqui pela Hellion em um digipack muito bonito e com um acabamento muito bom, embalagens assim faz com que compremos material original.

Disco essencial para quem deseja conhecer e entender o por que de tamanha devoção a Dio, e as bandas por onde passou, como também é um disco lançado para os fãs que ainda estão de luto pela perda desse pilar da cultura do Rock e Metal. Comprem sem medo.

É como diz a vinheta que inicia o show de 1987: Dio. Rock 'n' Roll!

Tracklist:
CD 1: 1983
01. Stand Up And Shout
02. Straight Through The Heart
03. Children Of The Sea
04. Rainbow In The Dark
05. Holy Diver
06. Drum Solo
07. Stargazer
08. Guitar Solo
09. Heaven And Hell
10. Man On The Silver Mountain
11. Starstruck
12. Man On The Silver Mountain (Reprise)

CD 2: 1987
01. Dream Evil
02. Neon Knights
03. Naked In The Rain
04. Rock And Roll Children
05. Long Live Rock ‘n’ Roll
06. The Last In Line
07. Children Of The Sea
08. Holy Diver
09. Heaven And Hell
10. Man On The Silver Mountain
11. All The Fools Sailed Away
12. The Last In Line (Reprise)
13. Rainbow In The Dark

Iron Maiden: novo DVD já está sendo mixado

O produtor Kevin Shirley, que faz as mixagens dos álbuns do Iron Maiden, esteve na América do Sul acompanhando os shows da banda pelo continente e confirmou através de seu Facebook nesta segunda (11) que já está a caminho de seu estúdio para mixar o DVD ao vivo da banda, gravado exatamente na América do Sul. Veja:

"Adeus América do Sul e obrigado a todos que vieram até mim e disseram "Olá" e tiraram fotos, etc. Foi uma maratona fantástica de shows. O público em Santiago na noite passada foi inacreditável, me diverti muito assistindo do lado do palco! Estou voltando para Los Angeles hoje para começar a mixar o DVD!"

Agora é só aguardar os detalhes do lançamento, que provavelmente só deve sair em 2012

Lobão: “Os anos oitenta eram uma porcaria”

Lobão foi o convidado na estréia do “Sonora LIVE” do portal TERRA. No programa, além de tocar algumas de suas novas músicas e alguns clássicos, o cantor e escritor, mais uma vez, soltou farpas para todos os lados com suas declarações.

Em um trecho da conversa, Lobão disse que “hoje em dia nós temos grandes artistas (...). É injusto ‘nêgo’ vir falar ‘pô, os anos 80 eram bons’. Os anos 80 eram uma porcaria!”

Para completar, o grande Lobo fala sobre o atual cenário independente do ROCK brasileiro: “As pessoas tem que entender que o Brasil é um celeiro de pessoas excepcionais (...) a cena independente tem 50 mil pessoas indo a festivais, 20 mil... O pessoal que ta ouvindo rádio se ‘estupidificou’ de maneira tamanha, que acredita que só aquilo existe!”

Manowar: Teria Scott Columbus cometido suicídio?

O site Blabbermouth, pertencente à gravadora Roadrunner, recebeu no último dia nove de abril uma postagem anônima referente à morte do ex-baterista do Manowar, Scott Columbus, encontrado morto no começo desse mês.

Uma vez que as causas da morte do músico permanecem obscuras até o presente momento, o WHIPLASH! sublinha aqui que tal post é anônimo e que deve ser questionado antes que qualquer conclusão final seja discutida. O poster, logado como ‘I'm a rock fan’, enviou a seguinte declaração na seção de comentários da página onde o próprio Manowar lamenta o falecimento de Scott:

COMENTÁRIO – Eu Sei Como Scott Morreu
Postado por: I’m a rock fan
9/4/2011 1:41:12 PM

‘Scott enforcou-se em sua garagem. Sua namorada estava discutindo com ele. Ele entrou na garagem, subiu numa cadeira e amarrou uma corda em volta de seu pescoço. Sua namorada entrou e tentou detê-lo. Ele a olhou bem nos olhos e chutou a cadeira de debaixo dele. Ele queria ser uma lenda.

Scott estava muito deprimido e tinha um problema com bebida. O álcool faz coisas estranhas para uma pessoa. Você toma decisões achando que elas estão certas, mas elas estão erradas. Em minha opinião, ele queria voltar à banda da pior maneira, mas isso não aconteceu. A banda saiu em turnê com o baterista original ao invés disso. Como você acha que isso fez Scott se sentir aos 54 anos de idade. Tocar com o Manowar era a vida dele. Uma vida da qual ele desistiu para tornar-se uma lenda como seus ídolos.

Rezem por Scott e deixem que ele saiba o quão amado e respeitado ele era. ’

Em seguida, o mesmo usuário postou:

‘A propósito, eu também sei por que Scott deixou a banda’.

Tais afirmações, como não poderia deixar de ser, tiveram repercussão imediata, uma vez que a família vinha mantendo total discrição sobre qualquer detalhe da morte de Columbus.
Na página ‘Remembering Scott Columbus’ do FACEBOOK que foi criada pela filha de Scott, Teresa Columbus Burgdoff, pode-se ler:

“Algumas pessoas entraram em contato com a família fazendo perguntas quanto à causa da morte de meu pai. Eu sei que há boatos. Eu entendo a curiosidade das pessoas já que ele era uma pessoa tão admirada. Por favor, entendam que minha família e eu estamos tentando manter isso privado. Estamos optando por celebrar sua vida fabulosa. Isso é o que ele teria querido. Obrigado por seu apoio e compreensão. Eu sei que isso significa o mundo pro meu pai.”

Iron Maiden: livro de fotógrafo oficial será lançado

O site oficial do Iron Maiden anunciou o lançamento para o fim desse ano do livro de fotografias intitulado "On Board Flight 666", que conterá centenas de fotos realizadas pelo fotografo oficial da banda John McMurtrie.

O autor do livro acompanha a banda desde a primeira vez que o avião customizado, Ed Force One, começou a ser usado nas turnês dos ingleses. Desde 2008 até o momento, John McMurtrie é o resposanvel por capturar desde as cenas inusitadas da banda até a destruidora apresentação ao vivo nos palcos ao redores do mundo. Além de fotos de backstage e das apresentações ao vivo, a obra fotografica conterá também capítulos escritos por John, explicando as imagens.

Maiores informações serão disponibilizadas em breve.

Axl Rose: inspiração para Tom Cruise em novo filme

Tom Cruise tem aperfeiçoado sua voz 5 horas por dia com o assessor de voz de Axl, para viver um roqueiro bad boy que está envelhecendo em seu novo filme "Rock of Ages".

segunda-feira, 11 de abril de 2011

The Beatles: Primeiro contrato do grupo vai a leilão

Na próxima quinta-feira no Royal Albert Hall, em Londres, vai a leilão o primeiro contrato de gravação e direitos de imagem assinado pelos Beatles. A expectativa é que o lance de arremate chegue a 50 mil libras. Assinado no dia 19 de junho de 1961, em Hamburgo, Alemanha, o documento conta com as rúbricas de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Pete Best, baterista que seria substituído no ano seguinte por Ringo Starr.

A relíquia foi descoberta apenas recentemente, na Suíça. “Não sabíamos que isso existia, descobrimos por acaso. Relíquia pura, vale ouro”, declarou Ted Owen, representante dos promotores do leilão.

Kiss: Banda participará de tributo a Paul McCartney

Paul McCartney está organizando um álbum de covers que reunirá artistas regravando material de sua carreira solo e do The Wings, sua banda pós-Beatles.

Entre os artistas já confirmados no projeto estão Billy Joel, The Cure (com participação do filho de Paul, James) e o Kiss.

Ainda não foram revelados os planos para lançamento nem as faixas que cada artista gravará. A informação é do The Sun.

Bruce Dickinson: "É ridículo pagar US$ 2.250 para ver Paul"

O vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, classificou como "ridículo" o preço dos ingressos fixados em 2.250 dólares para o show do seu compatriota Paul McCartney que acontecerá no dia 11 de Maio em Santiago. A declaração foi feita em uma coletiva de imprensa durante a visita da banda ao Chile.

Durante a coletiva, a banda evitou relembrar o episódio que viveu em 1992, quando a Igreja Católica do Chile solicitou que o Iron Maiden fosse impedido de tocar no país, por considerar que eles eram satânicos: "Nós não estamos aqui para falar sobre a igreja ou política. O Chile agora é uma democracia e não importa o que aconteceu antes. Agora estamos aqui pra tocar para os garotos, nada mais", disse Bruce Dickinson.

No Chile a banda gravou o show para um novo DVD que incluirá a apresentação feita em Buenos Aires e provavelmente a de São Paulo. "Se decidimos gravar o DVD na América do Sul, é porque aqui está o melhor público do mundo. Aqui, os fãs são loucos, cheios de energia e muito apaixonados", disse o baixista Steve Harris.

Para Dickinson, a fidelidade de seu público se baseia no respeito da banda, seu empenho e na qualidade do seu trabalho. "Nós respeitamos os fãs e por isso eles retornam (nos shows). Além disso, levamos muito a sério a nossa música, nós fazemos um bom produto, não é um lixo. Nunca iremos buscar os poderosos meios de comunicação para nos ajudar, buscamos alcançar pessoas reais, pessoas normais ", argumenta o vocalista. Quando perguntado sobre o segredo de sua longevidade, após 36 anos de carreira, Dickinson disse brincando que a chave para o sucesso é "beber muito depois dos shows."

domingo, 10 de abril de 2011

Paul McCartney: ex-beatle toca dia 22 de maio no Rio

Segundo notícia do site UOL Música, a Planmusic confirmou para o dia 22 de maio (domingo) o retorno de Paul McCartney aos palcos da capital carioca. O concerto será realizado no estádio Engenhão, 21 anos depois da última apresentação do ex-Beatle pela cidade, que ficou popularmente conhecida como "Paul In Rio". Foi com aquele concerto no Maracanã também que Paul McCartney entrou para o livro dos recordes Guiness, quando cerca de 185 mil pessoas presenciaram seu show - o concerto com maior número de pagantes da história.

As entradas para o show custarão até R$ 150 (setor inferior leste e oeste para portadores de necessidades especiais), R$ 180 (setor superior leste e oeste), R$ 340 (setor inferior leste e oeste), R$ 300 (pista), e R$ 700 (pista prime). A pré-venda de ingressos terá início no dia 12 de abril, à 0h, no site Ingresso.com, e, assim como nos shows em São Paulo e em Porto Alegre no ano passado, somente poderá ser feita com cartões de crédito Bradesco.

A venda para o público geral começa no dia 14 e será realizada no site Ingresso.com e nas bilheterias do Engenhão, entre as 9h e 17h. Os shows terão apoio da Prefeitura do Rio e do clube de futebol Botafogo, que administra o estádio que servirá de palco para Paul.

Mike Portnoy: falando sobre seus novos projetos

O ex-baterista do Dream Theater, Mike Portnoy reapareceu não com um, nem dois, mas vários novos projetos. Entre inúmeros outros compromissos, ele atualmente está trabalhando em uma nova banda com Russell Allen, do Symphony X nos vocais, Mike Orlando na guitarra, e Paul DiLeo no baixo. A música retém a característica progressiva de Porntoy, estilo vanguardista e acrescentando um elemento groove.

Obviamente, Portnoy não tem se acomodado com seus louros da glória desde que saiu do Dream Theater em 2009 e ter terminado seu trabalho como baterista no Avenged Sevenfold. " Esse tem sido um ano inacreditavelmente produtivo para mim até agora. Estamos só em abril e eu já gravei três álbuns diferentes com três projetos diferentes e artistas, bem como uma perna de shows nos EUA com minha banda tributo aos Beatles com o Paul Gilbert", disse Portnoy ao Noisecreep recentemente. "Estou curtindo abrir minhas asas musicais e colaborar com tantos amigos e músicos talentosos que admiro. Meu gosto musical sempre foi muito amplo, e estou adorando passar por tantas áreas e estilos tão diferentes."

Quanto a seu trabalho com Allen e Orlando, Portnoy disse que o projeto é "algo que me anima muito. É bem pesado, com tons fortes, com riffs tão grandes quanto os de Zakk Wylde e Dime, e vocais tão grandes quanto os de Dio. Acho que esse álbum pode dar uma grande mexida no cenário do hard rock e metal! Mal posso esperar ir para a estrada com essa criança!" Essas são comparações fortes, mas e alguém pode fazer uma afirmação e corresponder a ela com uma música incrível, esse é Mike Portnoy.

Portnoy também revelou que seu trabalho com Steve Morse, Neal Morse, Casey McPherson e Dave LaRue "é cheio de influências pop/alternativo mas certamente rodeado de grande musicalidade."

Como se ele já não estivesse cheio de compromissos, Portnoy também gravou o último álbum solo do Neal Morse, 'Testimony 2.' Portnoy também está fazendo parte da banda de Morse em apresentações ao vivo. "Estou ansioso para tocar ao vivo com ele em shows nos EUA e no México em maio", disse ele.

Enquanto reles mortais entrariam em colapso apenas em pensar na agenda de Portnoy, o baterista tem ainda mais planos para o resto do ano. "Eu também tenho outras coisas em andamento para o verão e daí pra frente. Vou continuar a plantar todas essas sementes musicais e vê-las crescer como um fazendeiro orgulhoso", disse ele.

Mantenha-se informado quanto aos acontecimentos maravilhosos envolvendo Mike Portnoy acessando seu site oficial (http://www.mikeportnoy.com/) ou siga-o no Twitter (http://twitter.com/mikeportnoy) e Facebook (http://www.facebook.com/mikeportnoyofficial).

Mötley Crüe: Tommy Lee quer gravar com Lady Gaga

Imagem
Tommy Lee declarou ao Artisan News Service que adoraria trabalhar com a popstar Lady Gaga, a musa dos rockers – basta ver o monte de amigos/admiradores que ela possui entre as estrelas do gênero, como Alice Cooper, Ozzy Osbourne, Paul Stanley, Biff Byford e Charlie Benante.

“Já a vi usando camisetas do Mötley Crüe, ela definitivamente curte o estilo, além de ser muito talentosa. Toca piano como uma louca e canta demais. Gosta de Dance Music também e toda aquela merdas dos clubes. Basicamente ela mistura tudo, isso que gosto e quero fazer, ir do eletrônico ao Metal. Essa é uma garota com quem adoraria trabalhar um dia, seria muito legal. Provavelmente lançaríamos algo muito louco”.


Nirvana: memorial de Kurt é inaugurado em Washington

Uma estátua do falecido vocalista do Nirvana, Kurt Cobain foi inaugurada em um parque situado em sua cidade natal, Aberdeen, Washington, na terca-feira, 5 de abril.

O memorial - uma escultura de uma das guitarras do frontman, uma Fender - foi feita para marcar o 17 º aniversário de seu suicídio em 05 de abril de 1994. "Sempre me surpreendi por não haver nada aqui para recordar-lhe", diz o escultor Lora Malakoff.

Michael Kiske: não odeio o Metal, odeio ideologias erradas

Michael Kiske postou no MySpace do Unisonic as primeiras impressões do seu retorno aos palcos, em junho de 2010, após 17 anos.

Tendo feito meu primeiro show ao vivo depois de quase 17 anos eu gostaria de dizer que eu fiquei realmente emocionado de ainda ter tantos amigos por aí depois de tanto tempo. Algumas pessoas até mesmo vieram da Rússia apenas para nossos shows de aquecimento, outro cara veio da Turquia! É inacreditável. Eu estou profundamente honrado e comovido com isso e não desprezo nada disso...

Minha voz não estava metade do que eu queria que estivesse em termos de condições para situações ao vivo, isso sempre precisa de algum tempo, especialmente depois de tantos anos, mas na maioria das músicas eu me saí bem e o público era ótimo.

Foi muito importante para mim ter um novo contato cara-a-cara com as pessoas depois de me isolar por um longo tempo. Na Suécia foi extremamente legal ver como o UNISONIC foi bem vindo e quantos autógrafos nós tivemos que dar. E não foram apenas CDs dos Keeper ou do Place Vendome que eu tive que assinar; todo segundo CD parecia ser um dos meus CDs solo. Eu não esperava por isso.

Eu fui bastante áspero com a cena-metal durante algum tempo e bastante irritado sobre isso, porque eu não conseguia lidar com certas coisas da cena, e isso pode ter feito com que eu fosse um pouco injusto ocasionalmente, mas isso não durou muito tempo. E encontrar vários de vocês, fãs, agora de novo me ajudou a ajustar-me ainda mais.

Eu não odeio todo o Metal, eu apenas odeio ideologias erradas moralmente que estão circulando dentro da cena metal e eu não aceito nenhum tipo de escravização da arte. Mas eu ainda gosto de rock, sim, até mesmo alguns de meus discos favoritos de metal da minha juventude, porque a maioria deles são simplesmente grandes discos de rock. Em muitas maneiras a música não foi exatamente o problema. Meu problema foi, é e sempre será a doença satânica que é comum na cena. Eu não tenho NENHUM entendimento quanto à glorifiação da inumanidade e da falta de coração e mentalidades fascistas.

Eu acredito em humanos de bom coração, amor e entendimento, e aquela música livre e honesta é a única lei para uma cultura musical verdadeira e saudável. O que eu critiquei sobre o metal foi muito pouco, mas para cada um de seus próprios, claro. Eu sempre falarei o que estiver na minha mente. Minhas convicções artísticas, morais e espirituais não mudaram nenhum pouco, mas eu estou mais relaxado agora e se eu fui longe demais no passado eu sinto muito, eu não quero ser injusto de forma alguma.

Nem todos os fãs de metal são ignorantes e satanistas, eu nunca realmente pensei desse jeito. Eu na verdade encontrei apenas fãs de rock e metal legais, de bom coração e inteligentes nessa pequena "Tour". Alguns até mesmo pareceram entender meu modo de pensar, quando conversamos. Eles eram muito mais mente abertas e amigáveis do que eu pensei, e se isso for representativo para a maioria eu ficarei feliz. Eu queria deixar essas palavras para vocês, caras, enquanto tudo ainda está fresco".

Paz e amor!
Vejo-os em algum momento!

Michael Kiske

Plebe Rude: divulgada data de lançamento de DVD

Usando sua conta no Twitter, a PLEBE RUDE anunciou a data de lançamento do DVD "Rachando Concreto ao Vivo em Brasília":será dia 30 de abril.

Antes do lançamento oficial do DVD, que sairá também em CD, a banda irá tocar na Virada Cultural de São Paulo e no aniversário de Brasília, respectivamente nos dias 17 e 21 de abril.

No site oficial da banda está disponível um trailer com as imagens do DVD.

Aerosmith: documentário pela dupla Scot McFadyen e Sam Dunn

Os premiados diretores Scot McFadyen e Sam Dunn (“Rush: Beyond The Lighted Stage”, “Flight 666″, “Metal”) estão por trás de um novo longa-metragem, dessa vez sobre a carreira do Aerosmith.

A dupla estava atarefada na feitura dos 16 capítulos da série de TV “Metal Evolution”, e agora vão trabalhar na pesquisa para o filme do Aerosmith, que contará o começo das atividades da banda na década de 70, passando pelas dificuldades no início dos anos 80, a volta ao topo na segunda metade da mesma década e chegando até os dias de hoje.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Iron Maiden: Novo DVD será produzido pela Banger Films

Como se não bastasse a própria energia do grupo, que ganhou fama por sua celebrada performance ao vivo, o Iron Maiden não irá poupar no aparato técnico para a gravação dos shows em Buenos Aires e Santiago no próximo final de semana.

Além do novo "Big Eddie" que fará parte do DVD, a gravação contará com tecnologia de ponta, 12 câmeras no total, incluindo um helicóptero e uma equipe de 45 pessoas que será dirigida pelos canadenses Sam Dunn e Scott McFadyen da Banger Films, os mesmos de "Flight 666" e "Metal: A Headbanger's Journey"

Iron Maiden no Rio de Janeiro: reembolso de ingressos

Ao pessoal que necessita do reembolso da Arena HSBC do ingresso (comprado via internet) do show do Iron Maiden referente ao evento cancelado do domingo, dia 27/março2011, atenção com as informações no link abaixo, que foram dadas pelo atendimento telefônico do número 4003-1527) no dia 06/abril/2011, em torno das 20h10.

AJudem a repassar esta informação e a recomendação é que verifiquem caso a caso com a Arena HSBC, via telefone e/ou e-mail, para confirmação de cada situação.

Slipknot: Hanson grava cover de "Wait and Bleed"

O site Metal Injection publicou um vídeo com os irmãos do HANSON tocando um cover acústico da faixa "Wait and Bleed", do SLIPKNOT, em seu quarto de hotel. A performance foi parte de uma "pegadinha" de 1º de abril, no qual a banda anunciou que lançaria um álbum de covers dos metaleiros de Iowa.

Paul McCartney: ex-beatle toca dia 22 de maio no Rio

Segundo notícia do site UOL Música, a Planmusic confirmou para o dia 22 de maio (domingo) o retorno de Paul McCartney aos palcos da capital carioca. O concerto será realizado no estádio Engenhão, 21 anos depois da última apresentação do ex-Beatle pela cidade, que ficou popularmente conhecida como "Paul In Rio". Foi com aquele concerto no Maracanã também que Paul McCartney entrou para o livro dos recordes Guiness, quando cerca de 185 mil pessoas presenciaram seu show - o concerto com maior número de pagantes da história.

As entradas para o show custarão até R$ 150 (setor inferior leste e oeste para portadores de necessidades especiais), R$ 180 (setor superior leste e oeste), R$ 340 (setor inferior leste e oeste), R$ 300 (pista), e R$ 700 (pista prime). A pré-venda de ingressos terá início no dia 12 de abril, à 0h, no site Ingresso.com, e, assim como nos shows em São Paulo e em Porto Alegre no ano passado, somente poderá ser feita com cartões de crédito Bradesco.

A venda para o público geral começa no dia 14 e será realizada no site Ingresso.com e nas bilheterias do Engenhão, entre as 9h e 17h. Os shows terão apoio da Prefeitura do Rio e do clube de futebol Botafogo, que administra o estádio que servirá de palco para Paul.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Iron Maiden: Eddie na capa da Rolling Stone Argentina

Na edição de março, um número especial de aniversário, a edição argentina da revista Rolling Stone festeja seus 13 anos com a chegada do Iron Maiden ao país e a primeira capa da banda na revista! Com uma ilustração exclusiva feita pelo desenhista oficial da banda, um Eddie gigante aparece destruindo o famoso Obelisco de Buenos Aires empunhando uma bandeira argentina!

A capa já está dando o que falar nas bancas de revistas, mas qual a história por trás dela? Saiba mais sobre como foi o processo de criação da capa da Rolling Stone Argentina!

http://ironmaidenflight666.blogspot.com/2011/04/argentina-eddie-na-capa-da-rolli...

Imagem

Mr Big: primeiro show da banda nos EUA em 15 anos

No dia 2 de abril de 2011, o MR. BIG voltou a se apresentar nos Estados Unidos, seu país de origem, depois de 15 anos.

A apresentação ocorreu na House Of Blues, em NY e contou com um set bem amplo, com 22 músicas que passaram por todos os discos que o grupo lançou com sua formação clássica. Sim, as músicas da "era Kotzen" vem sendo excluídas desde que o grupo se reuniu em 2009.

Essa foi a primeira de uma série de apresentações que a banda fará pelos Estados Unidos, na parte americana da "What If World Tour", que estará divulgando o nome álbum da banda, "What If...", lançado no final do ano passado no Japão e no começo deste ano na Europa e na América.

Set list:
Daddy, Brother, Lover, Little Boy
Take Cover
Green-Tinted Sixties Mind
Undertow
Alive And Kickin'
Merciless
Just Take My Heart
As Far As I Can See
Price You Gotta Pay
Still Ain't Enough For Me
Stranger In My Life
Wild World
Road To Ruin
A Little Too Loose
Rock and Roll Over
Around The World
Addicted To That Rush
To Be With You
Colorado Bulldog
Baba O'Riley
30 Days In The Hole
Shy Boy

Manowar: morre o baterista Scott Columbus

Scott Columbus, o clássico baterista do Manowar, morre aos 54 anos de idade deixando um legado impecável.

Scott entrou para o Manowar no ano de 1983, após Donnie Hamzik ter deixado o posto.

Ele foi descoberto por uma fã da banda, batucando em uma fábrica de alumínio.

No Manowar Scott fez história e gravou os seguintes álbuns:

Into Glory Ride (1983)
Hail to England (1984)
Sign of the Hammer (1984)
Fighting the World (1987)
Kings of Metal (1988)

Teve uma breve saída da banda no ano de 1992 por divergências com DeMaio, e na época ele mentiu alegando que seu filho estava doente, o que ele mesmo confirmou em entrevista recente.

Nesse período o Manowar gravou "The Triumph of Steel" com a participação de Rhino, que sempre soube da titularidade de Scott Columbus.

Columbus retornou a banda no ano de 1994, onde ficou até o ano de 2008, saíndo por mais brigas com DeMaio, nesse período ele gravou os álbuns:

Louder than Hell (1996)
Warriors of the World (2002)
Gods of War (2007)

E teve participação na gravação das músicas de "Thunder in the Sky", EP de 2009.

Saiu da banda quando estavam em estúdio gravando o novo álbum.

Scott participaria de um show de tributo ao Dio marcado para maio, em Nova York, onde ele tocaria com o ex-guitarrista do Manowar Ross "The Boss".

Além do Manowar, ele também ficou famoso por tocar com a mão esquerda, e o seu kit dos "tambores de guerra", que se não tinha uma técnica tão apurada, tinha uma sonoridade e feeling incomparáveis.

Detalhes da sua morte ainda não foram revelados.

Imagem

Motörhead: possível set list para shows no Brasil

O MOTÖRHEAD inicia a etapa brasileira da 'The Wörld Is Yours 2011' no próximo dia 16, em São Paulo, na Via Funchal. Em seguida, Lemmy Kilmister e seus capangas seguem por Curitiba (17) e Porto Alegre (20).

Para os fãs que já estão no clima dos shows, segue abaixo o repertório apresentado no show da última sexta-feira (1), na cidade de Gold Coast, Austrália.

MOTÖRHEAD - THE WÖRLD IS YOURS TOUR 2011
01/01/2011 - Gold Coast, Australia

- Iron Fist
- Stay Clean
- Get Back In Line
- Metropolis
- Over The Top
- One Night Stand
- Rock Out
- Guitar Solo
- The Thousand Names Of God
- I Got Mine
- I Know How To Die
- The Chase Is Better Than the Catch
- In The Name Of Tragedy (includes drum solo)
- Just 'Cos You Got The Power
- Going To Brazil
- Killed By Death
- Ace Of Spades

Encore:
- Overkill

Lobão: abrirão portões do Rock In Rio e dançarão quadrilha!

Convidado da estréia do novo programa musical do portal TERRA no dia 1º de abril, Lobão presenteou os internautas com sua acidez e bom humor característicos além de tocar algumas de suas novas composições e músicas já conhecidas de seu repertório.

Um dos temas abordados na conversa com Lorena Calábria, apresentadora do programa, foi o do cenário atual do rock no Brasil. Segundo o cantor, apresentador e, agora também, escritor “você pode estar no underground, mas tem que manter o espírito mainstream, senão vai haver uma ‘esquizofrenização’ do público (...). Vão abrir os portões do Rock in Rio e as pessoas vão dançar quadrilha porque não sabem mais o que é Rock and roll!”.

Além disso, Lobão disse achar que “o sertanejo universiotário é uma demência (...). Você pode até gostar, mas é cocô!”.

The Iron Maidens: confirmado primeiro show no Brasil

Após várias excursões e abrir show para diversos artistas importantes como Kiss, Danzig, Nevermore, Nightwish, Motorhead e outros, finalmente as belas garotas norte-americanas do The Iron Maidens, tributo feminino ao Iron Maiden, chegam ao Brasil. A CP Management e a Rock Brigade Record estão agendando extensa turnê pelo país para o próximo mês de junho. Elas tem apresentação confirmada para o dia 18 de junho, no Estúdio M, em São Paulo. As cidades de Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte também devem fazer parte da excursão.

Recentemente, Kirsten “Bruce Chickinson” Rosenberg, Wanda “Steph Harris” Ortiz, Sara “Mini Murray” Marsh, Courtney “Adriana Smith” Cox e Linda “Nikki McBurrain” McDonald estiveram pela América do Sul, mas para uma rápida passagem, que bateu um recorde bem interessante. O grupo foi responsável pela venda de seis mil ingressos nas primeiras 12 horas do festival venezuelano Gillmanfest-Barquismetal 2011. Elas superaram a marca do Metallica, que vendeu cinco mil ingressos em dois dias. As Donzelas de Ferro foram a primeira banda estrangeira apenas com mulheres a se tocar na Venezuela.

Imagem

Formada em 2001, The Iron Maidens se tornou uma das bandas mais populares da Califórnia e rapidamente conquistou reconhecimento internacional. Além de lindas, as integrantes da banda são eximias musicistas. A performance delas é tão fiel, que até a presença do mascote Eddie e as tradicionais coreografias fazem parte do espetáculo.

As provaveis datas da nova turnê pela América do Sul, até o momento, são:

14 de Junho @ TBA Buenos Aires - Argentina
16 de Junho @ TBA Porto Alegre
17 de Junho @ TBA Curitiba
18 de Junho @ Estúdio M, São Paulo
19 de Junho @ TBA Belo Horizonte

Serviço São Paulo
Data: Sábado 18/06/2011
Local: Estúdio EMME
Rua Pedroso de Moraes, 1036 - Pinheiros - São Paulo - SP
F: (11) 3038.2542
Abertura da casa: 18h
Bandas de Abertura: A Confirmar
The Iron Maidens 21H15MIN Pontualmente.
Censura 14 anos

Postos de Vendas:
Galeria do Rock:
Die Hard (11) 3331.3978 | Mutilation (11) 3222.8253 | Paranoid (11) 3221.5297 | Animal (11) 3223.6277 | Consulado do Rock (11) 3221.7933 | Profecias (11) 3333.2364 - Moshi Moshi (11) 3331.1073 - Black Tea (11) 3331.7736

Santos: Top Shirt's - Rua Marcilio Dias, n° 9, Gonzaga - Santos. (13) 3284-9275
Santo André: Metal CDs (11) 4994.7565
Campinas: Metal Mania (19) 3203-3835
Venda pela internet: www.compreingressos.com (à vista ou parcelado)

Valores dos Ingressos:
Antecipado Promocional e Meia-Entrada: R$70,00

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Max Cavalera: "Desde que saí, nunca mais ouvi o Sepultura"

Max Cavalera questionado pelo site numa entrevista ao Laboratório Pop se pensava em tocar o repertório de um álbum inteiro de sua fase no Sepultura, o vocalista e guitarrista do CAVALERA CONSPIRACY (e SOUFLY) disse: "Não, esse lance até muita banda está fazendo… Virou meio moda. Eu acabo fazendo as turnês do jeito que eu faço mesmo, misturando as músicas de todos os discos".

Perguntado se acompanhava a fase atual da banda, Max disse: "Não. Desde que saí, nunca ouvi nenhum disco. Para mim é uma coisa meio delicada, eu era tão apegado com o Sepultura desde o começo, desde quando comecei a banda em BH… Eu escrevi num caderno de moleque - coisa de adolescente - que era só eu e o Iggor e o resto eram pessoas imaginárias. Para mim fica difícil imaginar que a banda continua. A coisa acabou para mim no 'Roots' mesmo".

Metal: adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?

Uma pesquisa avaliou se heavy metal e rap poderiam ter relação com comportamento negativo de adolescentes americanos. Foram utilizados questionários respondidos pelos próprios adolescentes e seus pais.

Com uma divisão em dois grupos de adolescentes, os que ouviam metal e rap (HM/R) e os que ouviam outros estilos musicais (grupo controle), um dado chamou a atenção.

40% do grupo que ouvia heavy metal ou rap já era sexualmente ativo, enquanto que apenas 18% no grupo que ouvia outros estilos musicais já havia tido relações sexuais.

Outros dados, como curiosidade.

64% do grupo HM/R era composto por homens, contra apenas 35% no grupo controle.
46% do grupo HM/R tinha notas abaixo da média, contra 24% no grupo controle.
44% do grupo HM/R já havia sido suspenso ou expulso de alguma escola, contra 23% no grupo controle.
23% do grupo HM/R já havia usado drogas, contra 8% no grupo controle.

Agora fica a discussão para vocês. Quem ouve metal faz mais sexo mesmo? Ou é somente porque a maioria de nós é do sexo masculino? Esta foi a explicação estatística deste estudo. Após correção para sexo masculino/feminino, não houve mais diferenças estatísticas significativas em nenhum dos dados citados, com exceção de notas abaixo da média, em que o grupo HM/R parece ter um desempenho inferior ao controle.

Bruce Dickinson: foi difícil evitar as drogas durante tours

Em uma entrevista de 2003, Bruce Dickinson diz que as turnês com o Iron Maiden serviram para abrir seus olhos – em razão dos altíssimos níveis de abuso de droga que testemunhava diariamente.

O vocalista, apreciador de cervejas, sempre evitou substâncias ilegais, e ficava chocado com o quanto algumas mulheres se depreciavam para conseguir um pouco de cocaína.

Bruce disse: “As pessoas na América, especialmente nos anos 80, ficavam muito irritadas se você recusasse quando lhe ofereciam drogas. Nunca cedi a esta pressão. Não sou um cara das drogas e não fumo, para mim era só cerveja.”

“Nunca toquei em nada alucinógeno porque já sou bem agitado por natureza.”

“As mulheres que frequentavam as casas de rock eram as piores – elas faziam de tudo desde que você as desse um pouco de coca.”

“Tivemos um membro da equipe de turnê que manteve uma garota amarrada em seu quarto durante três dias. Ele a deixava amordaçada, agitada, completamente nua na cama.”

Slayer: banda vem ao Brasil em junho, diz jornal

Após as vindas de Metallica e Megadeth no ano passado, mais uma banda do chamado "Big Four" desembarca no Brasil para a alegria dos fãs de Thrash Metal.

Segundo informação do jornal Deskat, o Slayer vem ao país em junho, em locais não definidos. A banda liderada por Tom Araya confirmou recentemente apresentações na América Latina, com shows na Costa Rica e Colômbia.

Mais informações em breve.

sábado, 2 de abril de 2011

Foo Fighters: tocando "(Smells Like) Teen Spirit" em ensaio

Dave Grohl de volta para o “Foo-turo”

Era tarde da noite quando algo mágico aconteceu.

“Nós tocamos a música (Marigold) inteira e pensamos ter acabado,” Diz Grohl. “Éramos só nós três no estúdio e Krist disse, ‘Você tá afim de tocar uma das antigas?’, e eu disse, ‘Hmm…Ok’ porque nunca tínhamos feito isso antes. Nunca.”

Novoselic tinha uma música em particular. “Krist disse, ‘Dane-se, vamos tocar (Smells Like) Teen Spirit. E então tocamos Teen Spirit.”

Foo Fighters: novo trabalho do grupo vazou na internet

“Wasting Light“, novo álbum de estúdio do Foo Fighters, o sétimo da carreira da banda, que tem lançamento previsto para o dia 12 de abril, já está na internet.

Whitesnake: vinda ao Brasil com o Judas Priest!

Em entrevista ao TheExaminer.com, David Coverdale deixou escapar uma ótima notícia para os fãs brasileiros. O Whitesnake está voltando. E, assim como em 2005, o Judas Priest vem junto, em sua tour de despedida. Acompanhe o bate-papo.

Sua voz ultrapassa a barreira da idade, mas você vai completar 60 anos...

Sim, em setembro. Vou celebrar com brasileiros loucos e festeiros.

Você vai ao Brasil?

Sim, América do Sul! Mudaram as datas, mas definitivamente, será na época do meu aniversário. Meu agente me odeia, eu acho (risos). Mas sim, vamos com o Judas Priest, será uma loucura. A última vez que fomos juntos, em 2005, deliramos.

Eles amam o Rock lá.

Sabe o que é mais incrível? Eles não cantam apenas as letras, mas até os riffs de guitarra.

Exato, cantam o tempo inteiro.

Ouvir o riff de “Crying in the Rain” (cantarola o riff) é algo surpreendente. É algo único na América do Sul.

Avantasia: Tobias Sammet se diz satisfeito com DVD e álbuns

No dia 23/03, Tobias Sammet concedeu uma entrevista de 35 minutos para o programa Heavy Metal Thunder, da radio Metal Messiah (www.metalmessiahradio.com) primeiramente sobre o lançamento do DVD "The Flying Opera", depois sobre os últimos lançamentos do AVANTASIA "The Wicked Symphony" e "Angel of Babylon", lançados há cerca de 1 ano e finalmente sobre a agenda do próximo álbum do EDGUY.

Tobias disse que está super satisfeito não apenas com o conteúdo final do DVD mas também com a performance de seus convidados. Ele ressalta que o material produzido (que contém um documentário e duas apresentações ao vivo) lhe trouxe ótimas recordações dos Shows, principalmente do Wacken que foi a sua melhor lembrança e dos momentos fora do palco, visto que um fator muito importante para Tobias foi a amizade de cada um de seus convidados.

Além disso, Tobi fala um pouco de Jorn Lande e de Michael Kiske e revela que o conheceu pessoalmente durante a última turnê do Avantasia, em dezembro de 2010, fornecendo detalhes do primeiro encontro e de sua primeira impressão a encontrar seu maior ídolo frente a frente.

Também foi explicado que as apresentações da segunda turnê do Avantasia não foram gravadas para o "The Flying Opera" porque segundo Tobias, o momento mais importante e que merecia ser gravado foi aquele em que o Avantasia saiu do estúdio para a estrada.

Com relação aos álbuns do Avantasia "The Wicked Symphony" e "Angel of Babylon", Tobias Sammet se declarou satisfeito e feliz com eles, mesmo 1 ano após o lançamento, considerando-os os melhores álbuns de metal.

Já sobre o Edguy, Tobi disse que entrará em estúdio no dia 01/04 em Hannover, Alemanha e que o lançamento do próximo álbum está previsto inicialmente para agosto. Ele já escreveu 7 músicas e possui algumas demos.